Cerimônia de Premiação Regional - Alagoas

 

 

A cerimônia de premiação regional da OBMEP 2011,  em Alagoas,  ocorreu no dia 28 de novembro de 2012, no auditório da reitoria da Universidade Federal de Alagoas. Compareceram ao evento  cerca de 150 alunos premiados, além de professores e diretores da rede pública de ensino, secretários de educação e professores universitários.

A mesa foi composta pelo prof. Eurico Lôbo (reitor da UFAL), o prof. Eduardo Lyra (pró-reitor de extensão da UFAL), a sra. Isabel Cristina de Sena (representante da secretaria estadual de educação de Alagoas), o Sr. José Mário Carneiro (secretário municipal de educação de Maceió), a sra. Rejane Porto (secretaria municipal de educação de Coité do Noia e, na ocasião, representando as secretarias municipais de educação das cidades do interior) e o prof. José Carlos Almeida (diretor do Instituto de Matemática da UFAL).

Durante a apresentação foram exibidos vídeos da cerimônia nacional de premiação da OBMEP, ocorrida em agosto de 2012, no Rio de Janeiro. Os vídeos mostraram o diretor do IMPA, prof. César Camacho, e a presidenta Dilma Roussef destacando o resultado da OBMEP em Alagoas. Na ocasião foram prestadas homenagens aos estudantes e profissionais de educação da cidade de Coité do Noia pelo desempenho e dedicação à OBMEP em Alagoas, e foi  destacado o exemplo que eles têm sido para outras cidades de Alagoas.

Participaram também da cerimônia alunos universitários da UFAL que foram medalhistas em edições anteriores da OBMEP. Na ocasião a universidade, através do reitor Eurico Lôbo e do pró-reitor de extensão Eduardo Lyra, se comprometeu em disponibilizar recursos e bolsas de extensão para estes alunos para que, junto com professores do Instituto de Matemática, possam realizar projetos de treinamentos a alunos da rede pública visando sua preparação para as provas da OBMEP.

Bastante emocionado com o excelente resultado da OBMEP e com a festa dos alunos, o reitor destacou a importância da parceria entre a universidade e os governos municipais e estadual para que o projeto continue colhendo bons frutos.

A cerimônia serviu de oportunidade para lembrar a necessidade de empenho com a educação no estado de Alagoas. Abaixo, um trecho do discurso do coordenador regional de Alagoas, prof. Adelailson Peixoto:

“Nos últimos anos, a cada ano, cerca de 20 milhões de estudantes de um dos maiores países do mundo têm a oportunidade de participar da maior olimpíada de matemática do mundo: a OBMEP.

Destes 20 milhões de estudantes brasileiros, cerca de 370 mil são alagoanos, muitos dos quais querem descobrir o conhecimento, a matemática .... Mas também querem ser descobertos pela sociedade, pela ciência, pelas oportunidades e pela universidade.  Dentre os vencedores desta saudável e admirável competição, temos a honra de hoje premiar 159 bravos  estudantes do nosso estado. Dentre estes gigantes, tivemos pela primeira vez 4 medalhistas de ouro, o triunfo máximo desta inigualável competição. Tamanho o mérito que até a presidência da república se rende a este feito.

E quanto custa aos cofres públicos descobrir esses talentos que, ..., podemos dizer que são, de fato, o futuro do nosso estado e do nosso país?  Os 20 milhões de estudantes custam R$ 36 milhões, o que significa R$ 1,80 por aluno. Este valor tão baixo mostra que a pobreza não é desculpa para a miséria! E que os nossos Talentos e o nosso Futuro estão apenas esperando que lhes sejam dadas as oportunidades das quais eles têm direito.”

 




$result.label $result.label $result.label $result.label $result.label $result.label $result.label $result.label $result.label $result.label