Visita do Ministro Aldo Rebelo marca o V EHH

 

 

Foi realizado entre os dias 24 e 27 de agosto o V Encontro do Hotel de Hilbert, em Florianópolis (SC). Participaram 200 alunos selecionados para o Encontro em virtude do seu desempenho no Programa de Iniciação Científica (PIC) da OBMEP.

 

Chamado de Encontro do Hotel de Hilbert em homenagem a David Hilbert, um dos maiores matemáticos do Século XX, o evento começou no dia 24 e teve atividades ao longo de quatro dias (de segunda a quinta), entre 8h e 17h40. Na programação, além de palestras e oficinas, entraram minicursos, maratona e jogos matemáticos. Outra atividade que mobilizou bastante os alunos foi o “Problema do Dia” - diariamente um problema foi afixado em um banner na parte da manhã, e os alunos tiveram até às 20h para colocar a solução em uma urna. Na festa de confraternização, realizada no último dia, os alunos que apresentaram as melhores soluções foram premiados.

 

 

Visita do Ministro Aldo Rebelo, do MCTI – O VEHH recebeu na quarta-feira, 26, a visita do Ministro do MCTI Aldo Rebelo, que foi ao evento acompanhado de assessores e de deputados de Santa Catarina.

 

 

O Ministro teve a oportunidade de entrar em algumas salas onde estavam sendo realizados minicursos e conversou com alunos e professores. Em, seguida, proferiu uma palestra no auditório principal para cerca de 250 pessoas.

 

 

No almoço, Aldo Rebelo dividiu e mesa com seis alunos - Lucy Esposti, de Bom Jesus de Itabapoana (RJ); Felipe Vieira, de Sítio do Mato (BA); Vitória Pacela, de Espírito Santo do Pinhal (SP); Luciano Rocha, de Belém (PA); João César Campos Vargas, de Passatempo (MG); e Katarine Klitzke, de Timbó (SC); e com os coordenadores de Iniciação Científica de São Paulo (SP06), Íris Dias; de Campina Grande (PB02), José de Arimatéia; e de Rondônia, Carlos Vinícius da Costa.

 

 

Na mesa ao lado, o diretor-geral do IMPA, César Camacho; o diretor-adjunto do IMPA, Claudio Landim; a coordenadora geral do PIC, Ana Catarina Hellmeister; e o pesquisador aposentado do IMPA Paulo Cezar de Carvalho almoçaram com outro grupo formado pelas alunas Heloísa Paterno, de Witmarsum (SC); Juliana de Souza, de Igarapé (MG); Giovana Rossatto, de Frederico Westphalen (RS); Luíza Moura, de Luiz Eduardo Magalhães (BA); Renata Santos, de Cotia (SP); Merhy Dias, de Juruaia (MG); e Ana Paula Schuch, de Porto Alegre (RS).

 

 

Um dos participantes do V Encontro foi o Elias Eduardo Bort, de 14 anos, aluno do 9º ano da Escola Municipal Diogo Alves da Silva, de Chapecó (SC). Três vezes medalhista na OBMEP (“prata em 2012, ouro em 2013 e prata de novo em 2014”), ele também foi selecionado para o encontro realizado no ano passado.

 

 

- O EHH é mais uma das grandes oportunidades que a OBMEP nos proporciona. E acaba sendo também uma forma de incentivo tanto para os alunos que já estão fazendo o PIC quanto para os demais, que ficam interessados no Programa quando comentamos na escola o que acontece no evento.

 

 

Dentre os pontos altos do EHH, ele destaca as palestras (“dadas por grandes nomes da matemática brasileira, e abordando temas bastante interessantes”) e o fato de poder encontrar estudantes de várias partes do país que também gostam de matemática. 

 

 

Na bagagem de volta às suas casas,  além dos materiais – e, eventualmente, alguns prêmios – ganhos no evento, os alunos também levam novas amizades - com alunos de diversos estados - e novas percepções e conhecimentos de matemática.

 

 

 

 




$result.label $result.label $result.label $result.label $result.label $result.label $result.label