Aldeia indígena e escola recebem visita da OBMEP

 

 

O coordenador regional da OBMEP, na região de Imperatriz (MA), Daniel Santos de Carvalho, visitou na sexta-feira (10/05) a Aldeia Mainumy, do povo Guajajara, localizada na zona rural do município de Barra do Corda, no Maranhão. A viagem teve como objetivo incentivar alunos e professores a estudar problemas de olimpíadas de matemática.

 

A equipe da OBMEP foi recebida pela Cacique Libiana Pompeu Tavares e por toda a comunidade indígena, na escola que foi contruída na aldeia. Na localidade, a escola Municipal Benjamin Tavares recebe estudantes de Educação Infantil e o Centro de Educação Escolar Indígena Uwano’g, situado no mesmo prédio, atende alunos matriculados do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental, Ensino Médio e estudantes da modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA). Na oportunidade, foram entregues exemplares do Banco de Questões da OBMEP e provas de anos anteriores. 

 

Durante a visita, as crianças fizeram uma apresentação musical na língua Tupi-Guarani e ainda, a Cacique, ensinou ao coordenador a saudação ‘Iktu’ (obrigado) e entregou um colar de artesanato produzido na aldeia. Ao final deste momento de celebração, foi eferecido um almoço de confraternização para toda a comitiva. 

 

No final da tarde, a equipe da OBMEP visitou também a Unidade Integrada Maria Lenir Araujo Meneses, na cidade de Barra do Corda (MA). Na ocasião, estavam presentes o secretário municipal de educação Odair Maciel, a secretária-adjunta da Secretaria Municipal de Educação, Elizeth Martins Bezerra, a diretora da escola, Maria Vanuza Nunes Barbosa, coordenadores, professores e os alunos do Ensino Fundamental.

 

No local, o coordenador explicou aos estudantes a importância da dedicação aos estudos, entregou material da OBMEP e parabenizou a todos pelos resultados obtidos pela escola em edições passadas da olimpíada. Os estudantes também assistiram a um documentário da OBMEP.

 

No início do mês, o coordenador visitou também a Unidade Regional de Educação de Imperatriz (UREI), onde foram entregues exemplares do Banco de Questões da OBMEP e provas de anos anteriores da olimpíada, os quais serão distribuídos às escolas da rede estadual da região.




$result.label $result.label $result.label $result.label