PROLÍMPICO está com inscrições abertas até 18 de fevereiro

 

 

Para espalhar a cultura olímpica por salas de aula de todo o país e incentivar a formação de docentes voltados para competições matemáticas, o Programa de Aperfeiçoamento de Professores Olímpicos (PROLÍMPICO) chega à segunda edição. As inscrições podem ser feitas até 18 de fevereiro. O evento, realizado pela primeira vez no início de 2020 no IMPA, foi adaptado para o formato on-line por conta da pandemia. 

 

As aulas terão início em 23 de fevereiro e vão até 4 de março, com transmissão pelo YouTube do IMPA. Quem quiser participar, deve se inscrever pelo site do IMPA. Os resultados serão enviados por e-mail cerca de uma semana antes do início do curso. A programação completa já está disponível.

 

“O ensino virtual trouxe vários desafios para escolas, docentes e alunos. Um deles foi a manutenção de competições e treinamentos. Além de colaborar para a formação de professores, esperamos que o novo formato contribua com ideias e soluções criativas para as atividades virtuais extracurriculares que envolvam a matemática e que ajudem a atrair o interesse de alunos para as olimpíadas”, resumem os coordenadores do programa Krerley Oliveira e Samuel Barbosa. 

 

Motivados pelo sucesso da primeira edição, os matemáticos acreditam que o número de participantes este ano deve aumentar. O curso será mais dinâmico e estará dividido em módulos independentes, que tratam de tópicos de olimpíadas de matemática do Ensino Básico. As atividades incluem também palestras, minicurso, discussões de exercícios em listas de e-mails e um webinar voltado para gestores de escolas. 

 

“Mesmo que o foco inicial seja treinar estudantes para competições, o efeito colateral dessa busca por qualificação é a o aprendizado de técnicas e soluções que enriquecem as aulas e acabam beneficiando até mesmo alunos que não gostam de competições científicas”, consideram. 

 

Fonte: IMPA 

 

Leia também

 

Vagas Olímpicas aliviam pressão de vestibulandos em pandemia

16ª OBMEP é adiada novamente

No Prêmio IMPA-SBM, Fantástico mostra efeitos de corte no CNPq

 




$result.label